fbpx
Entre em contato conosco | Bauru (14) 3243-5559 | Ourinhos (14) 3335-6237 | Piraju (14) 3351-1351

COMO PINTAR PAREDE JÁ PINTADA?

Como_pintar_parede_ja_pintada

Em se tratar de pintura de parede, logo começamos a pensar na tinta, qual melhor marca, acabamento mais indicado, bem como nos utensílios e acessórios que são necessários, para que a reforma no ambiente seja a melhor e mais facilitada, não é mesmo?

Mas há um item primordial, que será responsável pela qualidade da pintura e que jamais devemos negligenciar: e quando a parede que receberá a nova pintura, não for uma parede “virgem”, ou seja, e quando a parede já é pintada? Há algum procedimento diferenciado, ou é só “tacar” tinta em cima?

Há várias técnicas e procedimentos de pintura, de acordo com os efeitos pretendidos, bem como a necessidade que se tem.

No caso de pintar parede já pintada não seria diferente. Portanto, hoje iremos abordar como pintar parede já pintada, para facilitar seu trabalho e promover a melhor renovação possível no ambiente, confira!

Pintar parede já pintada: tudo o que você precisa saber

A principal dúvida que percebemos de nossos leitores, diz respeito sobre a superfície da parede onde será utilizada a nova camada de tinta; é preciso retirar a tinta anterior?

Ou ainda, como ter a parede lisinha novamente, para que se possa pintá-la como se ela fosse nova?

A resposta para ambas indagações é sim, é possível! Mas é preciso que se faça todo o processo de forma inteligente, fácil e prática, uma vez que é comum o fato das pessoas iniciarem o processo de retirar a tinta da parede, e desistirem no meio do caminho.

Isto porque desconhecem as estratégias corretas e métodos facilitadores. Portanto, iremos te mostrar como pintar parede já pintada, revelando os segredos que você sempre quis desvendar, mas não sabia como.

A seguir, saiba de uma vez por todas, como lidar com aquela parede toda irregular, cheia de camadas antigas de tinta soltando, aprendendo como corrigi-la de pintá-la.

Segredos que você precisa saber para pintar parede já pintada

Como-pintar-parede-já-pintada

Um dos principais segredos para que você tenha melhores resultados ao repintar uma parede, é reunir os materiais necessários. Pode parecer um tanto óbvio, mas não ter os utensílios corretos irá comprometer o resultado final, que não ficará satisfatório caso você deixe falar algo. Sendo assim, faça uma listagem com os seguintes itens:

Espátula de aço não flexível;

Desempenadeira de aço;

Lixadeira elétrica para parede;

Lixas nº 80, nº150 e nº220;

Óculos de segurança;

Máscara de pó;

Par de luvas;

Lonas, plásticos, papelões, jornais e revistas velhas;

Bandeja de tinta;

Rolo e trincha;

Fita crepe;

Selador;

Massa;

Tintas de qualidade

Reuniu tudo o que será preciso? Então é hora de ir para a fase 2 do projeto de como pintar parede já pintada.

Preservando o ambiente e os móveis, aparelhos, etc.

Antes de partir para a ação da pintura, é preciso protege o ambiente do risco de o mesmo ser atingido pela tinta, onde não é para ser pintado.

Plásticos, papelão, lona, jornal, etc., irão te ajudar neste sentido. Basta cobrir piso, móveis, utensílios domésticos, com a lona, ou outro material para tal finalidade. Não esqueça de fixar com fita crepe.

A fita crepe serve também para cobrir cantinhos e rodapés, ou até mesmo a moldura do teto que não deverão ser pintados, ok?

Corrija as imperfeições da parede

Como-pintar-parede-já-pintada

Aqui é onde reside o ponto chave da pintura. O passo mais importante de como pintar uma parede já pintada é retirar as camadas antigas de tinta.

Para isso, você precisa do auxílio da espátula de aço não flexível. Insira a ferramenta onde a tinta já está soltando e retire o máximo possível das camadas velhas das pinturas anteriores.

Depois, é hora de lixar. E é aqui onde muita gente comete erros e coloca tudo a perder. Embora não seja impossível, humanamente, é praticamente inviável retirar todas as camadas de tinta de uma parede (sobretudo quando ela já foi pintada muitas vezes) de forma manual, apenas lixando com o uso das mãos e da força.

Você pode lixar manualmente as partes menos complicadas, porém, para o trabalho ser efetivo, procure utilizar uma lixadeira elétrica orbital para parede. Há alguns modelos de preços bem acessíveis no mercado, o que não pesará em seu orçamento.

Além disso, há empresas que alugam este produto, o que pode ser bem em conta. O legal de utilizar este equipamento é que ele promove o melhor nivelamento da parede também.

Limpe muito bem a parede

Todo o processo anterior acaba deixando finas camadas de pó na parede, o que poderá prejudicar a pintura, caso a tinta seja aplicada na parede suja. A limpeza é simples e fácil. Basta passar uma vassoura, usar o aspirador de pó e depois, um pano úmido.

Aí é só esperar secar e depois passar um pano seco, para se certificar. Passe um selador para uniformizar a parede. Se houver buracos na parede, aplique um pouco de massa corrida com a desempenadeira de aço. Espere secar e lixe, deixando a parede totalmente nivelada e lisinha.

Use lixa n° 150 na primeira demão de massa e nº 220 após a segunda demão.

Lembrando que é importante usar os equipamentos de segurança, tanto se usar lixa elétrica quanto manual, ok?

Agora é só usar sua  cor de tinta preferida, seguindo as instruções do rótulo, sempre respeitando o tempo de intervalo entre cada uma das demãos, bem como a quantidade de água para a diluição.

0 Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*